Como meditar passo a passo: 11 técnicas de meditação para você acalmar a sua mente.

Muitas pessoas têm o pensamento acelerado e pensam muitas coisas ao mesmo tempo. Você também é assim? Pois saiba que isso é um perigo para a sua saúde mental e consequentemente para a sua saúde física. Para ajudar você a acalmar a sua mente e combater todas as consequências negativas do excesso de pensamentos e do pensamento acelerado, eu separei 11 técnicas de meditação explicadas passo a passo para você fazer onde quiser.

Para saber mais sobre o que é meditação, seus benefícios, conhecer alguns tipos de meditação e técnicas de meditação para melhorar a sua prática, eu recomendo a leitura do artigo: Meditação: um guia para iniciantes (GRATUITO).

O excesso de pensamentos pode parecer uma coisa boa. Muitas pessoas se iludem, pensando que ter um pensamento acelerado e/ou pensar em muitas coisas ao mesmo tempo é sinal de produtividade ou criatividade. Mas, não é bem assim.

O EXCESSO DE PENSAMENTOS E O PENSAMENTO ACELERADO

Quando você pensa em muitas coisas ao mesmo tempo, e ainda por cima de forma acelerada, você está estressando e desgastando o seu cérebro. Além disso, ocorre um bloqueio do desenvolvimento de funções de inteligência como refletir antes de reagir, expor e não impor ideias, exercer a resiliência e colocar-se no lugar do outro, por exemplo.

Como saber se eu tenho esse problema?

Estima-se que 80% da população mundial sobre desse mal, então é muito provável que você ou alguém próximo a você, sofra com esse problema.

Para saber se você está sofrendo da Síndrome do Pensamento Acelerado fique atento a alguns sinais. Os principais são:

  • Ansiedade excessiva;
  • Irritabilidade;
  • Flutuação emocional;
  • Inquietação;
  • Intolerância a contrariedades;
  • Déficit de concentração;
  • Esquecimento;
  • Fadiga excessiva;
  • Cansaço ao despertar.

TÉCNICAS DE MEDITAÇÃO PARA UMA MENTE SERENA

A meditação é uma das partes da prática de muitos tipos de Yoga. Além disso, é praticada por outras filosofias e religiões como o budismo, por exemplo. Existem muitas técnicas de meditação e nesse artigo eu vou te passar 11 técnicas diferentes para que você possa variar a sua prática quando quiser.

As técnicas de meditação, escolhidas por você,  vão acalmar a sua mente, estabilizando suas ondas mentais. Dessa forma, você vai aprender a pensar de forma mais lenta e ordenada, ganhando mais saúde mental.

É interessante escolher uma técnica de meditação e usá-la com frequência. Você pode variar de vez em quando. Porém, não é recomendado que você faça técnicas de meditação diferentes todos os dias. Para estabilizar a mente é preciso disciplina. Mudar toda hora a técnica pode ser confuso para a sua mente. Ela pode não se acostumar e ser mais difícil de estabilizá-la.

Você pode experimentar as 11 técnicas de meditação e depois escolher uma para fazer rotineiramente.  Troque-a de vez em quando, com outras que você gostou mais. Há algumas técnicas de meditação nesse artigo, que você vai fazer algumas vezes, mas que não substituem uma prática diária de meditação em que você se senta e medita com os olhos fechados. Elas são para trazer novas formas de consciência e atenção plena.

Então, vamos conhecer as técnicas de meditação?

1-  ATENÇÃO PLENA POR UM MINUTO

Você pode introduzir pequenas meditações de 1 minuto no seu dia.

Escolha quantas vezes você vai realizar essa técnica de meditação por dia. Pode ser quantas você quiser. Eu recomendo de 3 a 5 vezes para um bom resultado. Mas, se você só dispõe de 1 minuto do seu dia, faça esse um minuto. O importante é meditar.

Encontre um lugar confortável e sente-se em postura de meditação. Se você estiver no trabalho, sente-se confortavelmente na sua cadeira. Mais uma vez: o importante é meditar (faça disso um mantra).

A única coisa que você vai precisar é de um cronômetro. Marque para que ele te avise quando tiver passado 1 minuto.

Durante esse período você vai fechar os olhos e prestar atenção na sua respiração e nada mais.

Se você se desconectar da sua respiração e começar a pensar em outras coisas, não se desespere. No começo é absolutamente normal que isso aconteça. Afinal, a sua mente está acostumada a trabalhar o tempo todo e não vai querer descansar nas primeiras tentativas.

O que você precisa fazer é não dar atenção ao pensamento e voltar a se concentrar na sua respiração quantas vezes forem necessárias.

Essa técnica de meditação é recomendada para momentos em que você se sente estressado ou ansioso.

2- TÉCNICA DE MEDITAÇÃO GUIADA

Essa é uma técnica de meditação conduzida por uma pessoa que pode estar presente ou ser uma gravação, por exemplo.

Para saber mais sobre meditação guiada leia o artigo: MEDITAÇÃO GUIADA – Descubra se essa técnica é para você.

Quando estamos escutando a uma meditação guiada, a maioria das pessoas, geralmente, não está 100% presente. Algumas vezes o foco é perdido e se fazem julgamentos sobre o que é dito, existe uma tendência em concordar ou discordar de quem fala, ou ainda de pensar no que vai ser dito na sequência.

Quando você fizer meditação guiada, procure escutar atentamente as palavras de quem conduz a prática. Entregue-se ao ato de escutar. Esqueça-se de todo o resto.

Experimente aqui uma meditação guiada para transformar o ano que está começando:

3- TRANSFORMANDO UMA TAREFA EM TÉCNICA DE MEDITAÇÃO

Que tal transformar tarefas domésticas em práticas de meditação? Eu sempre pensei que tarefas domésticas me faziam perder um tempo precioso do meu dia. Achava muito entediante lavar uma pia cheia de louças, varrer e passar pano no chão. Até o dia que eu transformei essa tarefa em uma prática de meditação.

Da próxima vez que você for preparar o jantar ou lavar roupa leve toda a sua atenção ao trabalho executado pelas suas mãos, leve toda a sua atenção ao momento presente. Concentre-se ao máximo no que você está fazendo e em todas as sensações que a sua tarefa te proporciona. Por exemplo, se você está lavando roupa, observe o esvaziamento dos bolsos, a textura dos tecidos, como você coloca a roupa na máquina, o cheio do sabão, observe as cores.

Dessa forma, cada pequena tarefa se torna um ritual sagrado. Você se conecta com o agora, contigo mesmo, com o seu espaço e com tudo a sua volta em perfeita harmonia.

4- COMENDO COM CONSCIÊNCIA

Essa técnica de meditação é para você recuperar o prazer de comer. Muitas vezes, na correria do dia a dia, deixamos de lado pequenos prazeres.

Além disso, comer de forma consciente ajuda a perder peso e melhorar a digestão.

Quando você se sentar para comer, corte todas as distrações e viva unicamente a experiência de alimentar-se. olhe a sua comida. Sinta o seu cheiro.

Coma devagar e em pequenas quantidades. Esteja presente.

5- REPETINDO UM MANTRA

Você pode escolher um mantra e repeti-lo várias vezes. Essa repetição pode ser mental ou falada. Algumas escolas dão um mantra ao praticante quando ele é iniciado. Se você não tem um mantra, escolha um que te agrade.

Pode ser o mantra OM ou o mantra OM NAMAH SHIVAYA, por exemplo.

Existe um instrumento chamado japamala que ajuda a contar as repetições do mantra. Esse instrumento é composto por 108 contas (sementes ou pedras), as quais você vai passando a medida que mentaliza ou vocaliza o seu mantra.

6- FAZER ALGO SEM INTERRUPÇÕES

Nas últimas décadas, o termo “multi-tarefa” tem sido bastante utilizado. Muitas pessoas se vangloriam de serem “multi-tarefas” em entrevistas de emprego para parecerem mais eficientes.

Existe um mito de que ser multitarefa é sinônimo de produtividade. Mas na verdade, “prestar atenção” em muitas coisas faz com que você erre mais facilmente. Você não se torna mais produtivo e sim mais ocupado, mental e fisicamente.

Tente fazer as tarefas uma de cada vez, e ao começar uma tarefa tente não interrompê-la. Um belo exemplo é estar lendo um livro e parar para olhar o whatsapp. Ou então, correr na esteira escutando um material de estudos.

Quando estiver realizando essa única tarefa, lendo um livro ou correndo, leve toda a sua atenção ao que está fazendo no momento. A vida não é uma lista de tarefas que você precisa cumprir. Ela é para ser apreciada! Pense nisso!

7- OBSERVANDO A MENTE

Sente-se com os olhos fechados e comece a observar aquilo que passa na sua mente. Assista aos seus pensamentos como se estivesse assistindo a um filme.

Comece a escutar a voz dos seus pensamentos. Principalmente, os padrões repetitivos. E ao escutar seja imparcial. Comece a perceber que você não é essa voz, que você pode se separar dela e não a leve tão a sério.

Dessa forma, a voz dos pensamentos vai sendo acalmada e você vai aquietando a sua mente pouco a pouco.

8- DESFRUTAR DO SILÊNCIO

Apenas sente-se em uma posição confortável (de meditação ou não) e desfrute do silêncio. Aproveite esse momento de “não fazer nada” e estar apenas com os olhos fechados em silêncio e em paz.

Você vai perceber o quando isso é prazeroso.

9- MEDITAR CAMINHANDO

Que tal aproveitar aquela caminhada até o supermercado ou ao banco para meditar?

Quando você estiver caminhando, não ponha atenção ao trajeto e sim ao seu corpo, a sua respiração, aos seus movimentos.

Preste atenção ao canto dos pássaros, aos aromas, ao contato da sua roupa com o seu corpo.

10- SENTIR A RESPIRAÇÃO

Sentado confortavelmente, apenas perceba o ato de respirar.

Procure observar o trajeto do ar, desde o momento em que ele penetra as suas narinas até chegar aos pulmões.

Depois, observe a saída do ar, todo o seu trajeto.

E assim, com o novo ciclo respiratório.

Entregue-se ao ato de respirar por alguns instantes e ao final perceba como você se sente.

11- MERGULHAR NO CHAKRA DA TERCEIRA VISÃO

Também na posição sentado, o foco dessa vez é o ajña chakra. Localizado entre as sobrancelhas, esse é o chakra da terceira visão. Ao concentrar-se nele você está estimulando o fluxo de energia nessa região e o desabrochar da sua intuição.

Visualize um ponto de luz nessa região e mantenha-se concentrado nessa região.

São muitas as técnicas de meditação que vão fazer com que você acalme a sua mente e tenha mais paz de espirito e serenidade. Você já faz alguma dessas técnicas de meditação? Conta para mim nos comentários. Eu vou adorar saber um pouco mais sobre como você acalma a sua mente quando vem aquele turbilhão de pensamentos.

Não esqueça de compartilhar esse post com os seus amigos! Vamos espalhar coisas boas!

Nos vemos no próximo artigo.

Namaste.

 

6 comentários sobre “Como meditar passo a passo: 11 técnicas de meditação para você acalmar a sua mente.

  1. Obrigado, goStei muito dessas tecnicas de meditaçao. Ha duad delas que ja experimentei: a 5, repetindo um mantra; e a 8, desfrutando o silencio. Pratico-as com alguma frequencia.

  2. Obrigada,goste de suas técnicas de meditação.Eu por as noites sufro de “monkey mind” .Eu acostumou fazer algum tipo de meditação.agora estou fazendo tomando consciência de meus movimentos em tarefas cotidianas, acho que está ajudando.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *