Não erre na aula de Yoga para iniciantes: como fazer corretamente a postura do barco

A nossa série “Não erre na aula de Yoga” voltou! Nesse artigo você vai aprender a executar corretamente a postura do barco, ou Navasana. Essa é uma postura muito executada em uma aula de Yoga para iniciantes em todo o mundo. Tenho certeza que você já fez essa postura alguma vez na sua vida e já sentiu como ela é forte e poderosa.

As posturas do Yoga podem receber nomes distintos de acordo com o tipo de Yoga praticado. Mas nesse artigo o foco não é nomenclatura, especificamente, e sim o alinhamento correto da postura. Se você conhece esse ásana (nome em sânscrito que representa posturas de Yoga) com outro nome, fique a vontade para colocar nos comentários e compartilhar com todos que se interessam pelo assunto.

Leia também os outros artigos da série:

Não erre na aula de Yoga: saiba como executar corretamente as Posturas do Guerreiro I, II e III.

Não erre na aula de Yoga: saiba como executar corretamente as variações da Posturas do Guerreiro.

NAVASANA, A POSTURA DO BARCO

Navasana tem esse nome porque se assemelha a um tradicional barco indiano com um mastro e uma vela alta quase triangular. Seu corpo imita a forma de um pequeno barco com uma vela e remos. Essa postura desafia e fortalece os músculos das costas e abdominais, podendo  ser um desafio para iniciantes.

A recomendação é começar por uma variação mais simples até que se chegue na postura completa. Nesse artigo você vai aprender uma variação para iniciantes e em seguida a execução da postura completa.

Comece permanecendo o tempo que seu corpo te permite. Respire profundamente na postura. Desfaça quando se sentir cansado e a cada prática procure permanecer um segundo a mais. Você vai perceber que o seu corpo vai se fortalecendo pouco a pouco a cada aula de Yoga para iniciantes. Quando estiver permanecendo na variação para iniciantes com tranquilidade, tente a postura completa.

Não importa o tempo que você vai demorar vai chegar na postura completa. E sim, a sua capacidade de superar-se e de avançar na prática com consciência e respeito pelo seu corpo.

Essa postura te convida a pensar na sua  vida como uma viagem em um barco. Em que momento você encontrou águas turbulentas, pedras, obstáculos? Como você se comporta durante a sua prática? Como você se comporta quando a vida se torna um mar revolto? O que te ajudou a manter-se “à tona” por momentos difíceis e não afundar? Apesar das dificuldades do percurso, tempestades, agitações e obstáculos, o barco segue firme seu caminho sob a água.

 

BENEFÍCIOS DA POSTURA DO BARCO

  • Fortalece e estabiliza  o CORE (todo mundo ama esse benefício);
  • Ajuda na digestão;
  • Fortalece a lombar;
  • Exercita a paciência;
  • Estimula os rins e a próstata;
  • Aumenta a confiança em si mesmo;
  • Alivia o estresse;
  • Trabalha a abertura do peito e melhora a circulação de prana no anahata chakra (o chakra cardíaco).

CONTRAINDICAÇÕES DA POSTURA DO BARCO

Antes de iniciar qualquer prática de Yoga, um médico deverá ser consultado. Qualquer problema de saúde deve ser avisado ao seu Professor de Yoga e iniciantes devem evitar fazer práticas sem orientação até que se sintam seguros para praticar sozinhos.

  • Pessoas com pressão alta devem fazer com moderação;
  • Pessoas com problemas de coluna na região lombar devem estar atentas ao executar Navasana se não estão com os músculos das costas suficientemente fortalecidos;
  • Contraindicado para gestantes;
  • Não fazer a postura se estiver sofrendo de problemas digestivos ou de cólica menstrual.

Agora que você já aprendeu bastante sobre essa postura, veja o infográfico com todas dicas para você não errar na sua execução. Mas antes disso, eu quero te convidar para a Jornada do Yoga, um evento 100% online e gratuito em que você vai poder aprender muito mais sobre posturas de Yoga, meditação e exercícios respiratórios.

COMO FAZER CORRETAMENTE A POSTURA DO BARCO NA AULA DE YOGA PARA INICIANTES

Gostou desse artigo? Quer aprender fazer uma aula de Yoga para iniciantes sem sair de casa?

Espero seu comentário para me contar sua experiência com essa postura. Dúvidas também são sempre bem-vindas e responderei com o maior prazer.

Até o próximo artigo.

Namaste.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *