9 dicas eficazes para ganhar mais alongamento e flexibilidade com aulas de Yoga

A cena é clássica. O aluno chega para a sua primeira prática de Yoga e quando vai se sentar no chão, com as pernas cruzadas, percebe que seus joelhos estão altos, as costas curvadas, os ombros elevados e tensos, o queixo batendo quase no peito.

Então, ele olha para as outras pessoas ao seu lado e pensa: “como eles conseguem se sentar assim por tanto tempo?”.

Essa cena é apenas uma das muitas que eu observo durante as minhas aulas, envolvendo alunos iniciantes e muitas vezes alunos com mais tempo de prática.

Se você se identifica com essa cena, leia esse texto.

E se você já superou essa fase ou nunca passou por ela e mesmo assim quer melhorar a sua flexibilidade, continue lendo e saiba como melhorá-la com Yoga sem riscos para a sua saúde.

A primeira coisa que você deve saber é que o seu corpo foi construído de acordo com as suas escolhas de vida até o dia de hoje.

Então, não queira ganhar ou aumentar seu alongamento e flexibilidade do dia para a noite. Vá com calma.

Esse é o primeiro passo para evitar lesões. Eu compreendo que, quando o progresso é lento, existe sempre aquele pensamento de que a evolução não está acontecendo.

Porém, pense comigo: quantos anos você tem? Você construiu esse corpo ao longo de todos esses anos. Se hoje você não tem muita flexibilidade ou alongamento, isso é consequência de muitos fatores como hábitos alimentares antigos, genética, entre outros.

É preciso com pouco de paciência e constância na realização de posturas do Yoga para que tenha resultados satisfatórios. Mas não se preocupe, porque com essas dicas você vai conseguir acelerar um pouco mais o seu processo.

A segunda coisa que você precisa saber é que alongamento é diferente de flexibilidade.

Alongamento é referente ao músculo. É a capacidade que o músculo tem de de ser elástico. A flexibilidade é relacionada com a amplitude do movimento de uma articulação. Porém, um está intimamente ligado ao outro. O alongamento dos músculos é importante para auxiliar na mobilidade articular.

Veja agora uma pequena lista com atitudes simples que você pode tomar e que irão gerar excelentes resultados na sua flexibilidade e alongamento. Além disso, vão melhorar sua saúde de forma integral e gerar benefícios para todos os seus sistemas.

#1 Não se compare.
É muito comum que você queira se comparar com a pessoa que está praticando Yoga ao seu lado, ou com pessoas de fotos da internet. Isso acontece porque nossa cultura é muito competitiva. Querer ser superior ao outro, além de ser uma armadilha do ego, pode levar a lesões que prejudiquem a sua prática por longos períodos de tempo.

#2 Respire corretamente durante a execução dos Ásanas (posturas do Yoga).
A respiração auxilia no desenvolvimento corporal. A expiração longa relaxa, promovendo descontração muscular.

#3 Melhore sua alimentação.
Uma alimentação saudável com uma dieta equilibrada ajuda a aumentar a flexibilidade. Evite alimentos como açúcar, ovos, gordura trans e bebidas alcoólicas. Coma mais azeite, cebola, curry, abacaxi e gengibre.

#4 Cuide das suas emoções e controle o estresse.
O descontrole emocional e o estresse levam ao acúmulo de tensões, que se transformam em bloqueios físicos ou sutis. Esses bloqueios impedem o fluxo de energia e isso reflete fisicamente como falta de flexibilidade ou alongamento.

#5 Permaneça mais tempo nas posturas.
Procure permanecer um pouco mais nas posturas, dentro daquilo que é confortável para você. Dessa forma o corpo vai se adaptando e avançando cada vez mais. Aqui vale a regra do “um segundo por dia”: a cada dia fique mais um segundo e assim progrida sem sofrimento.

#6 Pratique mais vezes por semana.
A regularidade também contribui para a evolução do seu corpo. Você pratica duas vezes por semana? Que tal aumentar para três ou quatro vezes?

#7 Mude pequenos hábitos

Que tal assistir televisão em uma posição diferente que te ajude a alongar? Aproveite esses pequenos momentos do dia para estimular seu corpo. Escolha alguma postura do Yoga que você quer trabalhar e permaneça nela nos intervalos do jornal, novela ou file que esteja assistindo.

#8 Hidrate-se sempre

O corpo é composto de grande quantidade de água e precisa dela para gerar bons resultados, isso não é diferente para músculos e articulações.

#9 Espreguice!

Espreguiçar-se pela amanhã ao acordar, bocejar, são coisas tão simples e despertam o corpo para o dia que se inicia. Observe que o próprio corpo se estica sozinho pela manhã. Basta você escutá-lo e seguir o que ele pede. Isso com certeza ajudará a aumentar sua flexibilidade e alongamento ao longo do dia. Já reparou que pela manhã você acorda com menos flexibilidade? Viu como o corpo é sábio e sabe o que você necessita?

Espero que você siga essas dicas e melhore a cada dia seu alongamento e flexibilidade. Eu estou aqui para tirar suas dúvidas, caso apareça alguma enquanto lê esse artigo. Não deixe de comentar aqui embaixo para eu saber o que você achou das minhas 15 dicas eficazes para ganhar mais alongamento e flexibilidade com aulas de Yoga.

Namaste.

6 comentários sobre “9 dicas eficazes para ganhar mais alongamento e flexibilidade com aulas de Yoga

    • Olá Priscila! Essa dica eu peguei no blog de uma nutricionista chamada Grazielle Gonçalves da Silva, ela é especialista em Nutrição esportiva, e ela diz que: “ovos contém gordura.E flexibilidade e gordura não combinam. O ovo é um excelente alimento, mas deve ser ingerido com moderação.” Espero que tenha esclarecido sua dúvida, um abraço!

  1. Ótimas dicas. Tenho 65 anos e pratico futebol uma vez por semana. Nos outros dias faço preparação física para isso (yoga, musculação, alongamento, hidroginástica). Essas dicas ajudam muito. Obrigado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *